segunda-feira, junho 22, 2009

Noticia do jornal “Praça Publica”

O contacto com crianças que apresentam Perturbações do Espectro do Autismo de diferentes graus ou da manifestação de outras perturbações associadas, vivenciadas na Unidade de Ensino Estruturado na EB1+Jardim de Infância de S. Donato em que funciona o modelo Teacch, um programa estruturado que privilegia a implementação de rotinas, tornando o meio mais previsível, com diferentes áreas ao longo do dia, como área de transição, de reunião, do aprender, do trabalhar ou do trabalhar em grupo, não se esgota no profissionalismo de todos quantos ali trabalham, para quem cada aluno exige trabalho individualizado e consolidação de aprendizagens ou a fundamental interacção social e a comunicação. Entre os docentes e não docentes e os técnicos especializados que ajudam as crianças autistas a escreverem um futuro melhor, durante o seu percurso escolar nas salas Teacch em S. Donato, dois rostos: Sílvia Dias e Paula Alves encontraram um cantinho na net, para através de um blog partilhar notícias, muita informação e sobretudo um espaço de troca de experiências sobre autismo, em que não falta material didáctico e jogos, bem como a sugestão de livros, entre os quais – A Criança Incompreendida, de Larry B. Silver, Estimulação da Criança Especial em Casa, de Silvana Rodrigues de Marães, Vida de Autista, de Niston Salvador e Uma Menina Estranha, de Grandin Temple, entre outras obras relacionadas com esta doença, cujas crianças portadoras, precisam de palavras mágicas como, paciência, paciência, paciência. Partilhar informação Em www.anjosdoautismo.blogstpot as auxiliares de acção educativa, Sílvia Dias e Paula Alves, divulgam ainda à comunidade internauta o projecto em que estão inseridas, dando a conhecer o trabalho desenvolvido em cada uma das salas do modelo Teacch a funcionar na EB1 de S. Donato do Agrupamento de Escolas de Ovar. Gratificante para as "cronixas", como se identificam estas gestoras do blog, são comentários como um anónimo, "...é bom saber que existe alguém que se preocupa com esses meninos... obrigada por este blog... têm muita informação sobre o autismo" ou o assinado por Sandra, "Este é o melhor blog de todos. Feito por pessoas especiais e para pessoas ainda mais especiais". Nestes diálogos no blog, para além de todas as acções de sensibilização e formação abertas aos vários intervenientes na relação com o autismo, é ainda possível ler o desabafo e reconhecimento da mãe de uma criança autista, em que afirma, "É importante encontrar-mos pessoas que nos dê forças para seguir em frente! Adorei! O mundo precisa..." ao que as"cronixas" responderam "...Julieta... continua a ter forças. Não desista...". São palavras de encorajamento, de paciência, mas sobretudo de muito amor a crianças com autismo, erradamente confundido com atraso mental, quando na realidade é um transtorno mental que afecta habilidades de comunicação e interacção com os outros. E ainda que possam haver casos de atraso mental, outros não o são, alguns até têm capacidades especiais para música ou matemática. Assim as entidades competentes pela educação sejam também coerentes, assegurando nos diferentes ciclos de ensino seguintes as condições técnicas, materiais e humanas que proporcionem continuados progressos, alcançados pelos alunos que no concelho dispõem na EB1 de S. Donato do modelo Teacch que surgiu nos anos 60 na Universidade da Carolina do Norte – EUA, como modelo que apela a uma intervenção específica, caracterizada por uma adequação e estruturação do ambiente. Despertadas motivações A Unidade de Ensino Estruturado pertence ao Agrupamento de Escolas de Ovar desde Setembro de 2004. Inicialmente a Unidade estava inserida na EB1 de S. João de Ovar composta por uma equipa que integrava a auxiliar, Sílvia Dias, com Bacharelato em Marketing e acções de formação sobre Autismo no estrangeiro e em Portugal. À equipa da sala Teacch, veio juntar-se Paula Alves, no âmbito dos programas ocupacionais (POC) como desempregada da Philips, aceitando o desafio de trabalhar numa escola e após passar algum tempo, como recorda, "na sala de ensino estruturado, aprendi a conviver e a lidar com miúdos autistas". A ideia do "Anjos do Autismo" surgiu, segundo a Paula, porque a escola "não tinha quaisquer dados informatizados sobre o trabalho que era efectuado na sala Teacch, e após conversa com a auxiliar Sílvia, decidimos fazer este blog para dar conhecimento sobre a existência desta unidade e dos ‘feitos’ destes meninos". Seguiram-se "várias pesquisas via net, fui criando o blog com o conhecimento de toda a equipa da sala" lembra ainda, reconhecendo que, "dada a receptividade tanto da equipa como da comunidade escolar tive mais incentivo para ir actualizando e melhorando este blog, assim como outros trabalhos que estão a ser efectuados no âmbito da informática e que vêem melhorar a sua apresentação". Sem o merecido reconhecimento ao nível contratual, esta trabalhadora precária, POC, ainda faz questão de agradecer, "o apoio e incentivo dado por toda a equipa da sala Teacch" em que se destaca, naturalmente, a sua colega de trabalho, Sílvia Dias, que tinha consciência da necessidade, de "dar a conhecer o trabalho que se faz com as crianças, uma vez que é pouco conhecido, e ajudar a outras pessoas que tenham dúvidas sobre esta perturbação". Tudo começou, acrescenta ainda, "por sensibilizar as pessoas e a comunidade da escola com alguns placards e ‘trabalhinhos’ feitos pelos meninos da unidade de ensino estruturado" que este ano lectivo funcionou com quatro crianças. A partir daí, diz, "foi só dar o tal passo que faltava, o blog", como meio de divulgação do trabalho desenvolvido pela equipa constituída ainda pelas Educadoras, Cristina Tavares e Cristina Gama, a Terapeuta da Fala, Joana Caldas e a Psicóloga Vânia Coelho.

P.S.-Agradecemos ao S.R. José Lopes do Praça Publica por ter feito este trabalho q para muitos "era" desconhecido...Deste modo ficámos com mais forças para continuarmos a divulgar o q se faz na sala de ensino estruturado...Brigada.

Sem comentários:

Enviar um comentário